A PREFEITURA MUNICIPAL DE MARI-PB, através do Gabinete do Sr. Prefeito, vem de público prestar os seguintes esclarecimentos:

– A vinda do Programa Cidadão, para o Município de Mari neste dia 10/04, foi uma parceria entre esta edilidade municipal e o Governo Estadual da Paraíba, através da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano;
– Dentro desta parceria, coube a Prefeitura Municipal: a divulgação do programa, definição do local (sendo obrigatoriamente, um prédio estadual), disponibilização de café da manhã e almoço para os 14 integrantes da equipe do programa, além de disponibilizar 5 servidores para ajudar no atendimento.
– Quanto a os critérios de idade mínima para atendimento, quantidades de pessoas a serem atendidas, horário de funcionamento, distribuição de senhas, bem como, os tipos de serviços oferecidos, são exclusivamente definidas pela Coordenação do próprio programa e operacionalizada pela equipe do mesmo, sem nenhuma ingerência desta edilidade ou seus órgãos;
– Por volta das 7:30H, quando a equipe de apoiadores da Prefeitura chegou ao local deparou-se com uma enorme quantidade de pessoas aguardando para o atendimento, sendo que quase todos já portavam uma “senha” confeccionadas e supostamente distribuídas por duas pessoas estranhas ao programa e a prefeitura. Segundo informações verificadas no local, cerca de 400 “senhas” teriam sido distribuídas com o objetivo de organizar a ordem de chegada das pessoas que se aglomeravam no local desde às 3 horas da madrugada. Enquanto isso, outras centenas de pessoas, inclusive de outros Municípios, permaneciam a espera da chegada da equipe do programa na esperança de conseguirem atendimento.
– Com a chegada da equipe do programa, a situação foi relatada e, diante da impossibilidade de atendimento de todos (acredita-se que algo em torno de mais de 700 pessoas), devido a quantidade insuficiente de material, bem como, o tempo disponível para a realização do serviço, a coordenação operacional do Programa decidiu por distribuir senhas, e ainda, explicou que, por tratar-se de um programa estadual, não poderia dificultar o atendimento de pessoas vindas de outros Municípios;
– Também por definição da equipe, foram priorizados os jovens que necessitavam da emissão imediata da documentação para a realização do pedido de isenção do ENEM, com data de encerramento prevista para este dia;
– Pelos motivos expostos, e diante da constatação de que muitos marienses não conseguiram retirar a documentação pretendida, o Sr. Prefeito deste Município já determinou que seja feita solicitação à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano para a realização de uma nova edição do Programa Cidadão, com exclusividade para o atendimento de pessoas residentes neste Município.
– Por fim, e sempre primando pela oferta dos melhores serviços e benefícios aos munícipes, a gestão municipal vem envidando todos os esforços necessários junto ao Governo do Estado para a abertura da Casa da Cidadania em nosso Município, o que permitirá a todos os cidadãos e cidadãs marienses o acesso a emissão de documentos de forma mais rápida e cômoda.
Mari-PB, em 10 de abril de 2019.
MANUEL BATISTA
Chefe de Gabinete do Prefeito

COMPARTILHAR