SECRETARIA DE SAÚDE DE MARI ENCERRA PROGRAMAÇÃO ALUSIVA AO NOVEMBRO AZUL

A prefeitura de Mari, através da secretaria municipal de saúde, encerrou na manhã desta quarta-feira (27), na zona rural polarizada pelo sítio Taumata, a programação dedicada as ações de conscientização do Novembro Azul. A campanha de combate ao câncer de próstata aconteceu em todo município, durante o mês de novembro,  através de  atendimentos e diversos serviços para a população masculina.

Este ano, a campanha ganhou grande proporção e adesão por parte dos homens, que antes, resistiam à busca de informações ou até mesmo se deslocarem até uma Unidade de Saúde para fazer os primeiros procedimentos de prevenção à doença.  Conforme levantamento da Secretaria de Saúde, o número de homens que participaram das atividades desenvolvidas durante a campanha deste ano foi surpreendente.

De acordo com dados da equipe de saúde da zona rural, foram realizados 90 exames de PSA – Antígeno Prostático Específico, sendo identificados 04 casos de alterações nas próstatas, os quais já foram encaminhados para consulta específica com urologista.

A ação – No PSF de Taumatá a ação ofertou, exames de PSA que identifica através do sangue algumas alterações importantes para o diagnóstico do câncer de próstata com resultados na hora, aferição de pressão, torneio de dominó, queda de braço, corrida de saco, distribuição de brindes e dramatização sobre o tema câncer de próstata.

Emanuelle Chaves, secretária de saúde de Mari, explicou que a campanha tem por objetivo conscientizar sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata. Para ela, a ação tanto na cidade quanto no campo foi positiva e levou informações sobre o tema a centenas de homens. Entretanto, ela destaca que o atendimento e informações sobre o câncer de próstata continuam nas unidades de saúde do município

“Isso mostra a preocupação da gestão municipal em assuntos que são relevantes para a sociedade demonstrando a importância das estratégias de políticas públicas voltadas para os cuidados com a saúde dos homens. A cada 38 minutos, um homem morre devido ao câncer de próstata no Brasil.

Os dados, do Instituto Nacional do Câncer (Inca), assustam e indicam a necessidade da conscientização. É o tipo de câncer que mais atinge os homens no país. Quanto antes descoberto, maiores são as chances de se combater o câncer de próstata, há porém, uma cultura machista em relação ao preconceito que muitos homens têm de ir ao médico; a doença tem 90% de chance de cura quando diagnosticada precocemente”, disse a secretária.

 

COMPARTILHAR