Médica mariense enaltece trabalho no combate a covid-19 e números contradizem “propaganda oposicionista”  sobre a pandemia

O depoimento público da médica mariense, Alba Lígia,  em visita ao município de Mari, Zona da Mata da PB, no que se refere as medidas de combate a Covid-19 atestam a eficiência do trabalho que vem sendo realizado pela Secretaria de Saúde frente a pandemia que vem assolando o mundo.

Nesta sexta-feira (31), setores da imprensa ligados a oposição passaram a propagar informações distorcidas sobre a analise dos números de casos confirmados da Covid-19 em Mari comparando com os dados da vizinha cidade de Sapé, o que provou uma reflexão por parte do Secretário Severino Ramo, um  dos auxiliares da gestão municipal.

O depoimento da médica por si só já fala o bastante, já que a mesma fez uma visita in loco as repartições de saúde que tratam dos casos de COVID-19, em Mari.

O texto reflexivo do secretário Ramo coloca por terra a tese propagada por esses setores da mídia por que faz uma análise técnica dos números com base em estatísticas matemáticas, conforme pode-se conferir a seguir:

“Considerando a insistência dos propagadores de fakes news (notícias mentirosas), as considerações de uma médica filha da cidade sobre os trabalho desenvolvidos pela Secretaria de Saúde e os números oficiais sobre o coronavírus (Covid-19), achei por bem escrever algumas palavras sobre a maior pandemia que o Brasil já enfrentou”.

Severino Ramo, Secretário da SMDEA, ao lado da Secretária de Saúde, Emanuelle Chaves

“Segundo os propagadores de boatos, a gestão publica de Mari não tem atuado de forma efetiva nas ações de enfrentamento aos danos causados pela Covid-19. E por falta de capacidade analítica ou por má fé mesmo tentam confundir a população mariense, propagandeando que a Secretaria Municipal de Saúde não tem atuado de forma correta e buscam fazer comparação entre os dados coletados no vizinho município de Sapé com os aferidos em  nosso município. No entanto, por se tratar de noticioso politiqueiro, a verdade não faz parte do mesmo. Se houvesse compromisso com a informação, algo raro em tempos de proliferação de fakes news, o noticioso teria tido o cuidado de fazer o comparativo entre a população do município de Sapé com a de Mari”.  Vide os dados abaixo:

População de Sapé: 52.443
Testados em Sapé: 2.567 pessoas = a 4,9% da população
Índice de mortalidade em Sapé: 1,1%

População de Mari: 21.837
Testados em Mari: 2.097 pessoas = a 9,5% da população
Índice de mortalidade em Mari: 0,7%

Índice de testagem no Brasil: 5,9% da população
Índice de mortalidade no Brasil: 3,5%

“Por lado, tem-se a consideração de uma médica a partir de uma observação ‘in loco’ que o trabalho desenvolvido pela secretaria de saúde municipal tem realizado um trabalho profícuo no combate aos efeitos da covid-19. Peço licença a Dr.ª Alba Lígia para utilizar as palavras dela, que foram postadas no Facebook”:

Hoje fiquei muito feliz. Fui à Secretaria de Saúde de Mari – PB conhecer o trabalho da secretária de Saúde (Emanuela) e saber que assistência contra a COVID a população estava tendo. Me deparei com muita organização na farmácia que continha medicamentos que se usa nos primeiros sintomas, muitos inexistentes em várias farmácias comerciais. A opção é do médico em prescrever ou não, mas o importante é q o paciente recebe tudo q tá na receita. Existe um posto de atendimento pra COVID 19 onde o paciente é atendido e acompanhado e marcada a época da testagem sanguínea.
Obrigada por cuidar tão bem dos meus, Emanuela! Parabéns pelo trabalho.
OBS: SE TIVER SINTOMAS, PROCURAR POSTO DE ATENDIMENTO COVID 19 NO NASF q fica na Rua principal (Antonio de Luna Freire) inclusive aos sábados”
A partir da fala acima (de uma profissional que não atua no município) fica evidente que o trabalho realizado pela gestão municipal de Mari, através da pasta da saúde, é diferenciado e compromissado a melhoria na qualidade da saúde da nossa população….

 ASCOM / Com Redação Do ExpressoPB

 

COMPARTILHAR