Em Mari: Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Agrário apresenta planilha desmonstrativa sobre a distribuição do PAA, nos últimos 10 anos no Brasil, na Paraíba e no Município de Mari

VALORES DESTINADO PELO GOVERNO FEDERAL/CONAB* PARA O PROGRAMA NACIONAL DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTO-PAA NOS ÚLTIMOS 10 ANOS NO BRASIL*, NA PARAÍBA E NO MUNICÍPIO DE MARI. 

BRASIL PARAÍBA MARI
ANO VALOR ANO VALOR ANO VALOR
2010 268.632.691,06 2010 8.183.473,40 2010 0,00
2011 361.956.818,70 2011 8.895.549,32 2011 0,00
2012 386.093.480,60 2012 10.306.188,31 2012 512.023,34
2013 178.676.296,62 2013 13.458.867,42 2013 722.495,84
2014 285.683.595,08 2014 14.278.829,25 2014 1.484.908,57
2015 241.079.416,96 2015 12.462.648,38 2015 544.902,48
2016 181.835.067,18 2016 12.462.648,38 2016 1.489.569,28
2017 96.476.344,66 2017 4.506.553,90 2017 776.582,36
2018 52.253.071,52 2018 3.313.598,82 2018 198.052,23
2019 11.678.503,35 2019 900.922,93 2019 0,00
2020 0,0 0,0 0,0

*https://consultaweb.conab.gov.br/consultas/consultatransparenciapaa.do?method

=abrirConsulta

Numa breve e simples avaliação é possível se refletir sobre a importância dos programas governamentais para o desenvolvimento econômico e social da comunidade, principalmente das camadas menos favorecidas; contudo, dois aspectos são fundamentais a serem observados, quais sejam: quem gerencia a política pública e qual a prioridade que é dada a ela.

O caso em tela deixa clara a importância que uma gestão comprometida com a sociedade, de modo especial, com a parte mais empobrecida se comparada com uma que só privilegia os seus interesses e dos seus correligionários. A minha indagação se baseia nos números relacionados aos valores destinados ao Programa Nacional de Aquisição de Alimentos com doação simultânea para as pessoas carentes. Vamos aos números: na gestão do período de 2013 a 2016, a Companhia Nacional de Abastecimento destinou para o município de Mari o valor de R$ 4.241.403,66. No período de 2017 a 1019 foram destinados ao nosso município o valor de R$ 974.634,59, menos de ¼ (23%) dos valores recebidos pela gestão anterior. Aí vem a pergunta chave! Quais das duas gestões atenderam mais e melhor a população de Mari, com destaques para as comunidades carentes? Numa ‘observação a olho nu’, de percepção pública (sem analisar os dados concretos e oficiais), em qual das duas gestões mais se distribuiu alimentos oriundos do PAA para o público específico do programa, a gestão anterior ou a atual? Qual o local público aonde era distribuídos alimentos na gestão anterior? Quais os registros fotográficos e documentais dessa ação? Quantas toneladas de milho foram distribuídas na gestão anterior?

E na gestão atual, como tem sido a publicidade p ública para a distribuição dos alimentos? Quais os locais aonde esses alimentos são entregues aos beneficiários? E na atual gestão, quantas toneladas de milho foram distribuídas no período junino?

Ressalto, no entanto, que o Programa Nacional de Aquisição de Alimento é uma ação do governo federal, que é executado em parceria com as organizações dos agricultores familiares e gestão pública municipal.

Diante dos dados oficiais sobre o PAA e os questionamentos acima relacionados a qualidade e alcance de uma política pública, pode-se dizer que todos os gestores (políticos) são iguais?

Neste breve texto reflexivo sobre a execução de uma política pública especifica, ao meu perceber e sem emitir nenhum juízo de valor, fica evidente que o grande gargalo no resultado positivo ou negativo das ações governamentais não está na política e si, mas em quem a executa!

O texto é uma reflexão para a população de Mari, em especial para os nossos agricultores familiares, em especial para a as famílias beneficiadas com os produtos oriundos do PAA. As respostas para esses questionamentos estão com cada um de vocês. Que a realidade de hoje, nessa nova proposta de inclusão da população em novas dinâmicas de produção agrícola, através de Programa como como PAA, nos leve a outras realidades, de crescimento econômico com inclusão social.

*Vale uma outra reflexão, esta sobre a politica do governo federal destinada ao desenvolvimento econômico do campo (via o apoio à Agricultura Familiar) e social (com a garantia da segurança alimentar dos mais empobrecido).

Abaixo alguns links de registro da distribuição de alimentos do PAA, nos anos de 2017 a 2019.

http://expressopb.net/2018/06/22/em-parceria-prefeitura-de-mari-distribui-30-mil-quilos-de- alimentos-inclusive-20-toneladas-de-milho/

http://expressopb.net/2017/04/08/acoes-de-saude-educacao-e-desenvolvimento-social-alavancam- gestao-de-maripb-as-vesperas-dos-100-dias/

https://www.mari.pb.gov.br/em-parceria-prefeitura-de-mari-reinicia-distribuicao-de-alimentos/

https://www.mari.pb.gov.br/em-parceria-prefeitura-de-mari-distribui-30-mil-quilos-de-alimentos- inclusive-20-toneladas-de-milho/

Mari, 13 de maio de 2020.

SEVERINO RAMO DO NASCIMENTO

Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e Agrário

COMPARTILHAR